Geografias p—s-modernas

Portada
Jorge Zahar Editor Ltda, 1993 - 324 páginas
1 Comentario
Las opiniones no están verificadas, pero Google revisa que no haya contenido falso y lo quita si lo identifica
Este livro contesta a tendência - segundo o autor, ainda dominante na maior parte da ciência social - a reduzir a geografia humana a um mero espelho, ou, como a chamou Marx, a uma 'complicação desnecessária'. Começando por uma crítica ao historicismo e a seus efeitos, que restringem a imaginação geográfica, o autor passa pelas obras de Foucault, Berger, Giddens, Jameson e, sobretudo, Henri Lefebvre, para defender um materialismo histórico e geográfico, um repensar da dialética do espaço, do tempo e do ser social.

Comentarios de la gente - Escribir un comentario

Las opiniones no están verificadas, pero Google revisa que no haya contenido falso y lo quita si lo identifica
Crítica de los usuarios - Marcar como inapropiado

Leitura para prova de selação UFBA

Información bibliográfica